Seguros de veículos: O que considerar na hora de contratar?

Seguros de veículos: O que considerar na hora de contratar?

Nos dias de hoje, a pessoa que possui um carro e não entende a importância dos seguros de veículos está correndo um grande risco.

Os grandes índices de roubos de carros e de motoristas (que são os mais propícios ao risco do dia-a-dia) confirmam a frase.

Por conta disso, a contratação de um seguro de veículos se faz extrema necessidade. Apenas quando o serviço é contratado, o cliente terá total certeza de que os prejuízos que podem vir ao seu veículo serão totalmente ressarcidos após o incidente.

Neste texto você vai entender a importância, os passos e lerá algumas dicas e opções na hora de contratar seguros de veículos.

 

Quais são os tipos de seguros de veículos que existem

 

Já são variados os tipos de seguros existentes, então, não é difícil imaginar que são muitos os aspectos para serem pensados na hora de escolher entre os seguros de veículos.

Por isso, é preciso de uma análise detalhada que permitirá a escolha da seguradora mais confiável possível. Listamos aqui  as principais categorias de seguros de veículos existentes, são elas:

 

Proteção contra roubos e furtos

Esta é a primeira e mais básica das categorias de seguros de veículos. A proteção contra roubos e furtos geralmente cobre apenas os prejuízos causados por crimes.

Por ser a mais básica, oferece uma cobertura limitada e, consequentemente, é a mais barata e tem condições bem mais flexíveis.

Geralmente o valor desta apólice acaba dependendo do ano e do modelo do carro, e não depende tanto do perfil do cliente.

Um dos benefícios que esse tipo de seguro oferece é o rastreamento de veículos. Com isso, existe a possibilidade maior de que o carro seja encontrado com mais rapidez e com estragos bem menores.

Essa opção se torna interessante para quem não tem condições de pagar um seguro completo, e/ou que vive em cidades com alto índice de criminalidade

 

Cobertura em desastres

Como o nome já diz, a cobertura de desastres surge para cobrir os danos materiais advindos de calamidades como:

  • Raios;
  • Explosões;
  • Incêndios;

Por serem situações extremamente específicas, o serviço geralmente é contratado em lugares onde esses tipos de riscos acontecem com uma frequência maior.

 

Indenização em perda total

A perda total ocorre quando o automóvel não pode ser recuperado  e também quando o valor necessário para o reparo é superior a 75% do valor total. Em casos como estes, o seguro de veículos indeniza o cliente com o valor integral do carro.

 

Esta nova cobertura é importantíssima para o proprietário, visto que este impede que se perca todo o patrimônio.

 

Seguro de terceiros

Nessa cobertura de terceiros, o segurado dá preferência para resolução de danos que ele causou em outros veículos. Com isso, o foco dos seguros de veículos acaba não sendo cobrir o carro do proprietário, mas sim, as avarias materiais, físicas ou até morais em outras pessoas.

Igualmente ao seguro contra roubo e furto, também é uma opção bem mais barata. Muitos motoristas que não conseguem pagar o pacote completo, optam por estes, evitando prejuízos causados por indenizações (como em caso de batidas de carro).

 

Seguro de acidentes de passageiros

Esse seguro é próprio para quem trabalha com transporte de pessoas, como táxis, ônibus fretados e/ou  vans escolares. De acordo com a legislação de trânsito brasileira, os motoristas desses tipos de veículos são obrigados a contratar seguros de veículos que cubram todos os danos causados aos passageiros.

É preciso lembrar que esta modalidade inclui as coberturas de avarias dos veículos.

 

Seguro compreensivo

Essa opção é mais popular entre os brasileiros,  tanto que é chamado de “tradicional” ou “completo”. Esse tem uma cobertura bem mais abrangente, mas consequentemente, também é mais caro. O seguro compreende e reúne quase todas as coberturas acima.

Quando você contrata o serviço, a seguradora oferece proteção total e completa do seu carro além de outras situações mais específicas, como danos à retrovisores, vidros e faróis.

Além desses, temos:

  • Reboque (guincho);
  • Pane seca, mecânica ou elétrica;
  • Reparos residenciais;
  • Carro reserva;
  • Motorista amigo e etc;
  • Cobertura de acessórios;
  • Assistência 24 horas (com guincho).

 

Veja também: Itens indispensáveis na hora de escolher o seguro para seu carro

 

Cuidados na hora da contratação

Agora que você já sabe quais são os tipos de seguros no Brasil, é hora de entender os cuidados na hora da contratação

Por isso, é importante que exista completo entendimento de todas as informações necessárias para a procura de um seguro de veículos.

Colocamos aqui 6 dicas para você entender este tópico.

 

1) Analise suas necessidades

É sempre especial saber qual é a sua necessidade antes de escolher o seguro de veículos. Afinal, fica muito mais fácil escolher ele quando você sabe da sua necessidade de proteção.

Você circula com o seu veículo diariamente? Você possui o veículo mais antigo?  Você usa pouco seu carro?

São perguntas e respostas que você precisa ter em mente antes de escolher o seu seguro. Pois podem fazer toda a diferença

 

2) Estude com cuidado cada uma das coberturas disponíveis

Analise bem as coberturas disponíveis para você, pois nem todas são cobertas pelo mesmo tipo de seguro que você tem em mente.

Afinal, como já dissemos antes, algumas coberturas adicionais como para vidros e lanternas podem ser contratadas.

 

3) Faça o máximo possível de cotações

A pesquisa de preços é sempre boa para saber qual a melhor opção de seguro para melhorar as chances de negociar um bom seguro, comparando as vantagens e os preços mais em conta.

 

4) Pesquise a reputação da empresa

É importante você pesquisar a reputação da empresa que você escolherá. Um bom parâmetro é o seu histórico de atendimento com os clientes em sites como o Reclame Aqui.

 

5) Tenha cuidado com a proteção veicular

Na hora de pesquisar é importante ficar esperto com as proteções do veículo. Essas proteções não funcionam como o seguro e por conta disso não podem ser vendidas como um. Dependendo da empresa, o cliente pode não ser atendido em alguns casos.

 

6) Saiba o que é considerado na formação do valor do seguro

Assim como em planos de saúde, o cálculo do seguro tem base nas informações pessoais, como:

  • Idade;
  • Sexo;
  • Estado civil;
  • Existência de filhos;
  • Inclusão de motoristas adicionais;
  • Modelo do carro;
  • Ano de fabricação;
  • Região onde mora, trabalha e/ou estuda;
  • Tipo de cobertura escolhida;
  • Tipo de franquia.

Visto isso, agora é hora de escolher a operadora!

 

As principais operadoras de seguros de veículos do país

Algumas das principais operadoras de seguros do Brasil são:

  • Porto Seguro
  • Azul Seguros
  • Tokio Marine
  • HDI Seguros
  • Bradesco Seguros
  • Sul america
  • Liberty Seguros
  • Sompo Seguros
  • Alfa Seguradora
  • Mapfre Seguros
  • Zurich Seguros
  • Generali Seguros

 

Agora, com base em nossas dicas, pesquise sobre cada uma delas e descubra qual a melhor para contratar!

 

Contrate uma corretora de seguros para te auxiliar

Após a leitura deste texto, você deve ter notado que pode ser complicado escolher um seguro de veículos, por isso, é recomendável que você procure uma corretora para te auxiliar na procura pelo melhor resultado.

A STS é uma corretora de seguros em Santos que atua com as principais seguradoras da região. Entre em contato com nossa equipe e receba diversas propostas de seguros de veículos com as melhores cobertura e custo benefício para seu perfil.