O Poder das Redes Sociais Para Profissionais de Saúde

O Poder das Redes Sociais Para Profissionais de Saúde

Não é segredo algum que as redes sociais se tornaram as plataformas mais utilizadas para se fazer conhecer.

Isso porque as mídias sociais ajudam a atender as necessidades dos usuários em termos de comunicação, informação, divertimento e lazer.

Agora, será que são também importantes para os profissionais de saúde?

Muitos especialistas se fazem a mesma pergunta, e se você é médico, provavelmente já pensou sobre isso.

E foi justamente por isso que criamos esse artigo: para que você, enquanto profissional de saúde, possa ver quais são os benefícios e qual é o papel das redes sociais na sua estratégia de marketing.

Além disso, quais resultados você poderá ter e o que você deve levar em conta ao criar sua estratégia de marketing digital.

 

Quais as regras das redes sociais

Antes de falarmos das redes sociais em si, é importante saber que cada uma delas tem regras, com o objetivo de determinar qual tipo de conteúdo deve atender a cada usuário.

É bom lembrar também que o conteúdo que você cria como especialista de saúde não será mostrado a todas as pessoas, a menos que você invista um pouco de dinheiro.

Além disso, as redes sociais podem ser consideradas como um sinônimo de engajamento.

Os usuários estão lá para interagir, para se sentirem identificados e para poder consumir o conteúdo que escolhem. E se você oferecer um conteúdo bem estruturado e de qualidade, com certeza, irá atrair mais pacientes.

Se você ainda está em dúvida se deve ou não criar um perfil nas redes sociais para se tornar mais visível, veja agora as principais vantagens.

 

Por que vale a pena profissionais de saúde investirem em redes sociais?

Vamos enumerar aqui as principais vantagens e certamente, você não vai pensar duas vezes:

 

1.Engajamento

O formato das redes sociais favorece o engajamento do usuário com uma marca, uma empresa e até mesmo com um profissional de saúde.

Por isso, ao considerar estar presente nas redes sociais, lembre-se sempre que é essencial criar empatia com quem segue você.

 

2.Educar

Mais e mais pessoas buscam na Internet informações sobre saúde. O problema aqui é que muitos conteúdos sobre saúde são baseados em falsas promessas e informações falsas.

E o seu papel como profissional de saúde é utilizar as redes sociais para educar, para melhorar a qualidade de informação e assim, ajudar a esclarecer as dúvidas mais frequentes dos usuários.

Mesmo que você produza o melhor conteúdo, é bom deixar claro que uma consulta com um profissional não pode ser substituída por uma consulta nas redes sociais.

 

3.Gerar confiança

As redes sociais também favorecem a imagem do profissional, e por isso que é importante criar uma relação de confiança.

Nesse sentido, quanto mais as pessoas verem você como alguém próximo e como um profissional interessado em compartilhar seus conhecimentos e ajudá-las a resolver seus problemas, mais elas irão confiar em você.

 

4.Fortalecer sua autoridade

Uma outra vantagem das redes sociais para profissionais de saúde é que eles podem se tornar uma autoridade em uma especialidade.

E, à medida que você atinge uma certa influência entre os usuários, consequentemente, aumentará seu reconhecimento e autoridade enquanto profissional.

Se você se interessou em estar presente nas redes sociais, provavelmente vem a pergunta: qual delas devo escolher?

 

Quais melhores redes sociais para médicos

Na verdade, tudo vai depender dos seus objetivos, mas separamos aqui as mais adequadas para profissionais de saúde:

Facebook

O Facebook é uma das plataformas mais acessadas no mundo, sendo possível criar uma interação com o paciente.

Oferece vários recursos, como artigos, vídeos, lives, etc. Apenas lembrando que, todo o conteúdo deve ser direcionado para a sua audiência de forma a ajudá-la a esclarecer uma dúvida e não seja uma consulta.

Instagram

O profissional de saúde pode usar o Instagram para compartilhar vídeos e fotos.

A dica é criar um perfil profissional, pois isso gera uma maior credibilidade.

Twitter

Você pode compartilhar notícias sobre a sua especialidade e tudo o que está acontecendo na área.

Uma ideia também é “retweetar” algo que acho interessante e pertinente de outros profissionais.

YouTube

De uns tempos para cá, o YouTube se tornou o principal mecanismo de pesquisa, só perdendo para o Google.

Você pode criar um canal de saúde com vídeos que despertem o interesse do seu público-alvo.

Independentemente de qual rede você escolha, procure saber antes todas as regras de utilização da plataforma.

 

Conheça os cuidados ao usar suas redes sociais

Embora as redes sociais sejam poderosas para criar engajamento com seus pacientes, é preciso tomar alguns cuidados.

Isso porque padrões éticos devem ser respeitados, especialmente em relação à vida privada dos pacientes.

Saiba que o Conselho Federal de Medicina impõe regras para o uso de redes sociais por médicos. Por exemplo, não prometer resultados milagrosos, não expor fotos dos pacientes, divulgar preços e não oferecer diagnósticos online.

Agora, não tem nenhuma restrição quanto a endereços e números de telefones.

Mas é sempre bom buscar todas as informações junto ao CFM para que você não tenha nenhum tipo de problema ou sofra uma penalização.

Embora com a pandemia do novo coronavírus consultas online foram autorizadas, você não pode usar o seu Facebook, por exemplo, para fazer isso.

É preciso optar por uma plataforma que forneça toda a segurança e privacidade aos seus pacientes.

 

Como você viu, se souber usar adequadamente as redes sociais, é claro que vai promover mais visibilidade, criar mais engajamento e atrair mais clientes.

E esteja sempre de acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina para evitar qualquer tipo de problema.

Agora é com você! E caso sinta alguma dificuldade em fazer todo esse gerenciamento, pois sabemos como os profissionais de saúde são ocupados, uma ideia é deixar essa gestão para quem realmente entende.

Nesse caso, saiba que agências de marketing digital são capacitadas para fazer a gestão de redes sociais para médicos usando as estratégias que mais funcionam!